segunda-feira, setembro 26, 2005

Cenas da Vida Conjugal: Simão, o Machista.

Personagens:
• Simão, 4 anos
• Eu

Cenário:
Porque os pais iam estar toda a tarde fora do Porto e ele tinha uma festa de aniversário de um colega do colégio − onde eu o ia levar − o Simão, ficou comigo este sábado.

Acção:
Depois de ter sido, já, várias vezes chamado para vir almoçar, resistindo sempre, entregue à magia do telejornal (leia-se: canal Panda) ele senta-se à mesa e diz:
- Tenho sede. Traz-me a águ… − Sorri. E emenda: − A cerveja.
Eu olho-o de soslaio, mas alinho na brincadeira. Vou ao frigorífico e retiro uma cerveja. Pergunto:
− Esta serve?
Ele ri-se, entusiasmado, e sussurra:
− É faz de conta…
Pouso novamente a cerveja. Levo-lhe a água e sento-me.
Ele comunica-me, muito compenetrado:
− Hoje tenho uma reunião muito importante (onde se lê
reunião, deve ler-se: festa no
Golfinho Brincalhão).
− Ah, sim?! − Surpreendo-me. − E quem vai a essa reunião?
− Só rapazes. É que vamos falar de coisas muito sérias!

5 Comments:

Blogger Papo-seco said...

Era só para mandar uma BACALHAUSzADApara o Simão

Simão,

Daqui p'rá frente já não custa, é sempre a direiro.

Um abraço, grande Simão

3:06 da tarde  
Blogger Afonso Henriques said...

À dona do blog, Parabéns pelo dia 24!
Ahh...ganda Simão! Cada vez melhor!
Um dia destes ainda o apanha a fumar...

3:42 da tarde  
Blogger Eterna Descontente said...

LOL. Papo Seco, a bacalhauszada será entregue. ;-)
O meu consolo é saber que os “machos” da reunião davam por nomes como Miguelinho, Luizinho, Joãozinho, etc. E que duas verdadeiras mulheres de pêlo na venta furaram os planos do evento, comparecendo na dita "reunião". Ah, abençoadas Joaninha e Sofiinha! ;-)

3:46 da tarde  
Blogger Eterna Descontente said...

Obrigada pelos parabéns, Afonso Henriques! :-)

Ou a fumar ou outra coisa do género… Já não digo nada.
Qualquer dia, em vez de balões, são preservativos que lhe encontro nos bolsos ;-)

3:54 da tarde  
Blogger PiresF said...

O Simão deve ser uma personagem interessante. Espero que seja real, que com escritores, nunca se sabe onde acaba a imaginação e começa a realidade.
De resto, é mesmo assim, quando os homens se reúnem é para falar de coisas sérias.

4:28 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home